Buscar
  • EQUILÍBRIO NUTRICIONAL

Dicas de Como Espantar a Compulsão por Doces


É bem provável que você já tenha passado, ou passa, pela situação de sentir uma vontade absurda de comer algo doce. Seja um sorvete, bolo, chocolate. Mas, por que será que isso acontece, e por que alguns têm tendência maior a sofrer com essa compulsão por doces do que outros?


Por que, mesmo sabendo que não devemos, acabamos comendo?

Alguns profissionais de saúde defendem que certos alimentos são tão viciantes como a cocaína e a heroína, e até que a compulsão por doces é doença mesmo. Outros acreditam que isso é besteira, que é apenas questão de controle da mente. Estudos onde ratos eram oferecidos água com açúcar e água com cocaína, os resultados foram devastadores, no sentido de que todos os ratos preferiam a água com açúcar. E quando eram previamente viciados em água com cocaína, bastava oferecer água com açúcar para que eles largassem a água com cocaína. Uma quantificação desse vicio estimou que o açúcar vicia assustadoras 8 vezes mais que a cocaína! Isso pode explicar, de certa forma, porque muita gente simplesmente não consegue resistir a alimentos semelhantes, mesmo que sabendo quão mal eles fazem. De maneira semelhante ao vício em drogas. Em resumo, consideráveis evidências sugerem que alguns alimentos podem disparar um vício. Nestas condições, o cérebro se comporta da mesma forma como se fosse exposto às drogas clássicas. Isso coloca em evidência que alguns indivíduos simplesmente perdem o controle sobre o seu consumo alimentar, sofrem com tentativas de reduzir a ingesta, e não conseguem ficar sem certos tipos de alimentos ou reduzir o consumo, face às conseqüências negativas.

Carboidratos altamente processados aumentam rapidamente a quantidade de glicose no sangue, e isso acaba estimulando as áreas cerebrais que estão envolvidas com o vício em nicotina e outras drogas. Os viciados precisam continuar tomando quantidades grandes de suas drogas escolhidas. Eles têm dificuldades para parar, continuam fazendo mesmo sabendo das conseqüências negativas e se sentem deprimidos se pararem. Falando em fumo e açúcar, vale lembrar de um fenômeno muito comum em quem está tentando parar de fumar: a pessoa costuma engordar durante esse processo. Uma explicação plausível é que a retirada de uma droga (nicotina) leva a um estado de ansiedade que outra “droga” (açúcar) é capaz de aliviar. E já sabemos as conseqüências de consumir muito açúcar para a sua relação com a balança. O centro cerebral do prazer libera dopamina e serotonina em resposta a certos estímulos sensoriais. E praticamente tudo o que você faz envolve este centro do prazer. Dentre algumas coisas que estimulam esse centro, com efeitos semelhantes: a batida de certa música que você goste, esportes radicais, cafeína, nicotina, álcool, drogas e gargalhadas. Então quando os pesquisadores concluem que os efeitos do açúcar afetam o mesmo local que a heroína, provocando vício, dependência e necessidade que as vezes são mais fortes do que o desejo de recusá-los.


DICAS DE COMO DIMINUIR A VONTADE DE DOCES

  • Nada de radicalizar e cortar carboidratos! Isso só aumenta a compulsão pelos mesmos. Procure equilibras a ingestão deles em todas as refeições;

  • Todos os carboidratos escolhidos devem ser de baixo ou moderado índice glicêmico, para não promover picos de glicose sanguínea, isto irá evitar picos de insulina também, estoque de gorduras e rebote de querer mais carboidratos;

  • O ideal é que os carboidratos consumidos sejam sempre acompanhados de alimentos proteicos ou de gorduras boas. Ex: fruta + sementes; pão integral + atum, etc. Tanto as proteínas como as gorduras são mais lentas para serem digeridas, isto proporcionará mais lentidão na digestão dos carbos e saciedade garantida pro mais tempo;

  • As gorduras boas dos alimentos como as amêndoas, nozes, castanhas, coco, semente de abóbora e girassol são excelentes para estimular a sensação de saciedade principalmente nos picos da fome que são geralmente entre 10/11hs da manhã ou a partir das 16hs. Um punhado delas com 15 a 30 gr de chocolate amargo é tudo de bom!

  • Como o inverno pede alimentos mais quentes boas pedidas são as compotas de frutas. Maçã, pera, goiaba, figo, abóbora cozidos com pouca água e adicionado com cravos, canelas, hortelã são deliciosas sobremesas, pouco calóricas e fáceis de fazer! A combinação delas com um copo de leite de soja com cacau ou um punhado de sementes faz um lanche ou uma ceia deliciosa!

  • Jamais economize proteína! Os alimentos proteicos como aves, ovos, peixes, grãos ajudam na produção de serotonina que é fundamental no controle da compulsão alimentar;

  • Outros alimentos que ajudam na produção de serotonina são: aveia,abacate, banana, grãos, castanhas, chocolate amargo, canela.

  • Mexa-se! A atividade física faz o corpo liberar endorfina, dopamina essenciais para o controle da compulsão alimentar.

KIT DE EMERGÊNCIA NA HORA DA COMPULSÃO

  • 1 copo de leite de vegetais + 20gr de chocolate 70% (picar dentro do leite morno);

  • 1 Banana assada + 1 colher de sopa de farelo de aveia + canela + 1 colher de café de mel;

  • 1 maçã assada com 1 colher de chá de óleo de coco;

  • 3 castanhas do pará + 3 damascos secos;

  • 1 bolacha de arroz + 1 colher de sobremesa de pasta de amendoim;

  • 1 iogurte desnatado com 1 colher de sobremesa de geleia de frutas natural;

  • 1 pedaço de coco fresco (30 gramas) + 10 morangos;

  • 2 colheres de sopa de abacate + 1 colher de sobremesa de cacau em pó + 1 colher de chá de mel.

Importante dizer que todas as combinações de alimentos dependem sempre das necessidades individuais e objetivos que cada um deseja alcançar. A compulsão alimentar tende a desaparecer ou ao menos diminuir quando seu organismo for alimentado com nutrientes essenciais ao funcionamento dele e seu cérebro experimentar as sensações de prazer de outras fontes alimentares também!

0 visualização

Clínica

Praça Sílvio Romero, 55

6° andar sala 67

Tatuapé - São Paulo

CEP 03323-000

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - Círculo Branco

Todos os direitos reservados Equilíbrio Nutricional - 2019.

Desenvolvido por DnA - DESIGN 'N' ANIMATION.